quarta-feira, 10 de setembro de 2008

LHC

Acredito veementemente que o tema de hoje salta do imaginário para se tornar realidade. Esse artigo pode parecer fugir do tema do Falando de Fantasia, mas acho que essa situação excêntrica, que sem dúvidas se trata de mais um passo do homem em direção ao conhecimento sobre a origem da vida, merece todo o respeito e cordialidade dos leitores.

Hoje, dia 10 de Setembro, passou a funcionar o LHC, mais conhecido como Grande Colisor de Hádrons, o maior acelerador de partículas do mundo! Ele é um anel subterrâneo com perímetro de aproximadamente 27 quilômetros, localizado na CERN, mais especificamente entre a fronteira da França e da Suíça.

O LHC, através de poderosos imãs, consegue fazer com que partículas de prótons corram em direções opostas pelo gigantesco anel em uma velocidade que representa 99,99% da velocidade da luz. Quando essas partículas se chocam com intensa energia em quatro pontos distintos, é produzido um sem-número de partículas elementares. Com esse experimento espera-se observar o bóson de Higgs, a partícula chave que explicaria a origem da massa de outras partículas elementares, verificar se há mais dimensões que as três já conhecidas e ainda estudar a origem dos cosmos. Existem seis detectores localizados em diferentes partes da circunferência, sendo os quatro de maior porte mais importantes.

Os detectores Atlas e CMS investigarão a gama de partículas e subpartículas geradas pela colisão, o Alice tentará criar as condições do Universo após criação pelo Big Bang e por fim o LHCb tentará explicar o motivo do Universo ser constituído de matéria e não anti-matéria. Cada detector tem o tamanho em média de um prédio de cinco andares, nada mal não é?

Extremistas contestam a utilização do LHC, pois alegam que o equipamento poderia criar um buraco negro. Felizmente cientistas renomados, tais como Stephen Hawking, afirmaram que tal teoria seria impossível mediante as condições já estudadas e estabelecidas na experiência. Admito que a mídia nunca é totalmente confiável, todavia sair gritando que é o "fim do mundo" pelas ruas não adiantaria de muita coisa, o fato é que temos apenas de aguardar quais serão as evoluções que teremos após os resultados do LHC, que estão previstos para o ano de 2009. Será que viveremos uma nova revolução industrial ou passaremos por um declínio, caso o acelerador represente danos à humanidade? Como se já não bastasse o 2012!

Espero que tenham gostado do breve artigo explicando o básico sobre o LHC. Até a próxima e torçam para que a Terra não se transforme em "matéria estranha", caso contrário vou ter de pagar uma bela multa na biblioteca...

3 comentários:

Rajaham disse...

oh meu Deus, um buraco negro! Ahhhhhh
É o apocalypse, ahhhhhh!!

SRrsrsrsrrsrs

Boa matéria, gostei, já tinha ouvido alguma coisa sobre o LHC mas a explicação aqui ta menos formal e mais fácil de ser entendida!!

Argetlam disse...

q lgl eu vi isso no livro do dan brow...era unm ANJOS E DEMONIOS, isso ai bem lgl , no livro eles criam ante materia com esse bagulho, e ai ela explode e quaz destroi o vaticano =D

A.r.t.h.u.r disse...

realmente este acelerador de partículas é um projeto muito ambicioso... imagina só os físicos, e engenheiros e todos os outros "loucos", porém inteligentíssimos que trabalham lá...

Curti muito seu blog... curto demais fantasia...