quarta-feira, 30 de julho de 2008

Zumbis

O pesadelo de suas infâncias está de volta: criaturas macabras e assustadoras que aterrorizaram até participando de clássicas produções como A Volta dos Mortos Vivos! Tudo bem, é patético admitir que você tremia a simples menção da palavra "cérebro"; felizmente tivemos a oportunidade de descarregar certa raiva em jogos como Resident Evil.

Zumbis são criaturas que, uma vez dadas como mortas, retornariam a vida por meios desconhecidos; meios que podem ir desde vírus desenvolvidos em laboratórios até feitiços e rituais de necromancia. Muitas hipóteses definem a origem da palavra "zumbi", ela pode ser derivada de jumbie, palavra caribenha equivalente a "fantasma", e nzambi, conguiano equivalente a "espírito de uma pessoa morta". Os zumbis são muito comuns no folclore e na cultura do Haiti, sendo talvez um local onde até hoje predomine a crença na existência desses seres; alguns pesquisadores contam histórias sobre organismos mortos que são trazidos à vida por bokor, uma classe que se assemelha a um xamã. Esses humanóides reanimados se tornam escravos, obedecendo qualquer ordem e não oferecendo nenhum risco ao seu suposto mestre, a única maneira de acabar com essa prisão mental seria alimentando-os com sal. Em resposta a prática dos bokor, uma lei foi aprovada proibindo a criação de zumbis: trata-se de um artigo que condena o uso de substâncias que causem estado de letargia. A partir dessa lei fica fácil relacionar o uso de tais substâncias com a prática da hipnose.

O doutor Wade Davis viajou ao Haiti para fazer pesquisas sobre esses fenômenos após ter conhecido o caso de Clairvius Narcisse, um homem que havia morrido, mas retornou a vida certo tempo depois; sendo dada a atribuição de sua volta ao feitiço de um bokor. Davis pesquisou profundamente sobre a cultura haitiana e chegou até os rituais de criação de zumbis. Esse ato envolvia, além do manifesto religioso, o uso de certas substâncias no formato de um pó, denominadas pó de zumbi. Davis coletou amostras de diversos pós diferentes e neles encontrou algumas substâncias em comum, entre elas estavam a tetrodoxina e diversas substâncias com a finalidade de irritar a pele. A teoria que o doutor Wade Davis desenvolveu foi de que o bokor, ao aplicar o pó, faria com que a tetrodoxina fosse absorvida pela pele irritada, atingindo então os vasos sanguíneos e deixando a pessoa com aparência de morta. Após o enterro, o bokor voltaria para o túmulo, retiraria o corpo e aguardaria o término da duração do veneno; todos acreditariam na existência de um zumbi. Apesar de ser uma teoria promissora, alguns testes com o suposto pó de zumbi mostraram que ele era ineficaz em muitos casos, o que tornou a tese de Davis uma fraude.

O contexto de zumbis acabou sendo eternizado, e um tanto modificado, pelo cineasta George A. Romero, diretor d'A Volta dos Mortos Vivos e de tantos outros filmes de zumbi. A influência do conceito inovador de Romero atingiu muitas obras que utilizam a figura do zumbi, podemos citar jogos (Resident Evil), quadrinhos (The Walking Dead) e filmes (Madrugada dos Mortos).

Por hoje é só, espero que tenham gostado, até mais e durmam com o abajur acesso!

4 comentários:

N. Beto disse...

Gostei muito. Não sabia dessa origem dos zumbis (achei que tinham sido inventados apenas para filmes de terror).

Gostei do blog! Parabéns!

Anônimo disse...

Acho que há um pouco de confusão em relação a isso. A palavra americana "zombie" tem a ver com o kimbundo "nzumbe", que era um deus-cobra. Nzumbe na áfrica ocidental também é considerando um "morto que anda".Zumbi tem a ver com Nzambe, também um deus. "Zombie" no Haiti passou a designar todos aqueles submetidos ao fatigante trabalho escravo das plantações. Nada a ver com comer carne e cérebro. Mas na língua árabe existem os "gouls", que são comedores de carne humana, demônios. Parece que hollywood misturou tudo e fez uma imensa salada no seu 'A Volta dos Mortos Vivos'...

aranha disse...

Alguem ja leu na bíblia no capitulo que fala da paixao de cristo que quando Jesus morreu, os mortos se levantaram e caminharam por Jerusalem?

Anônimo disse...

o problema e que o necromante tem poderes psiquicos e ele pode envocar apenas os robits e os anoes pois estes sao criaturas pequenas e de facil criaçao segundo Sr. Eduard Von Lishinstaen