segunda-feira, 19 de maio de 2008

Protegendo suas obras intelectuais

Este blog está licenciado sobre o nome de Cezar Berger Junior, sendo alguns direitos vedados ao público, necessitando estes então de uma autorização prévia no caso do uso de algo extraído exclusivamente do Falando de Fantasia. Bonito discurso não? Mas é a verdade, pois recentemente, através da Escritores de Fantasia, mais especificamente através do caro colega Jacques Waller Barcia, descobri como licenciar obras intelectuais sem a necessidade de pagar por isso. Esse foi mais um feliz passo que consegui dar com o blog, proporcionando assim maior segurança e diminuindo meu receio de ter de encarar futuramente plágios em cada esquina.

A Creative Commons foi fundada em 2001 e em 2002 começou a atuar com a distribuição de licenças gratuitas, desde lá passou a crescer mais e mais, atingindo diversos países, assim como o Brasil. O projeto da Creative Commons teve tanto sucesso e repercussão que abrage inúmeras obras intelectuais, como textos, imagens, áudio, quadrinhos, sites, blogs, livros, entre outros. Até a famosa banda Nine Inch Nails já licenciou alguns álbuns musicais dessa forma!

Bom, o que posso dizer aqui é que recomendo aos leitores, que muitas vezes escrevem e colocam suas criações de maneira crua na internet, que licenciem suas obras o quanto antes! Infelizmente é o único método de se prevenir contra futuros problemas de posse intelectual. Espero que aproveitem a oportunidade, até a próxima.

2 comentários:

Roberto disse...

Ótima dica!
Eu tava mesmo pensando em fazer uma pro meu blog, e agora que vi aqui vou mesmo fazer!
Ah, aliás eu coloquei o banner FdF lá no Origaming!
Abraço!

Roberto disse...

Hehehe, semana passada mesmo eu tive que fazer aqueles poliedros pro colégio, tá ligado. Tipo fazia no primário, cortando e colando... Aí que eu me divirto, né!
Bem legal o modelo do Super Nintendo, muito perfeito!
Quanto aos origamis, sim, eu só posto os que eu sei, até pra poder ajudar um leitor numa eventual necessidade, né!
E quanto à estrelinha não é complicada não! É só meio chatinha mas se pega o jeito tem gente que vicia nela...
uashuashusahaus
Abraço!